Dicas essenciais para melhorar o fluxo de caixa

6 minutos para ler

Um grande objetivo dos empresários é melhorar o fluxo de caixa de sua empresa para garantir que as operações financeiras sejam realizadas de forma segura e planejada. Assim, é possível aumentar os lucros, evitar perdas e se precaver para emergências.

O conceito de fluxo de caixa pode ser traduzido como o movimento de entradas e saídas de dinheiro da empresa. Ou seja, o que você recebe e paga. Para garantir o sucesso das finanças de seu empreendimento é preciso monitorar essas transações e aplicar nelas estratégias planejadas e eficientes.

Ficou interessado em conhecer de que maneira você pode melhorar o fluxo de caixa da sua empresa e quais táticas podem ser adotadas? Então, continue a leitura que vamos mostrar seis dicas essenciais para isso. Confira!

1. Registre todas as movimentações

Uma das técnicas mais conhecidas e eficientes para se obter sucesso no controle e aperfeiçoamento do fluxo de caixa de uma empresa é o registro de todas as operações realizadas no empreendimento. Esse tipo de medida denota organização e comprometimento por parte do empresário, uma vez que o ajuda a planejar suas operações futuras.

É importante que esse registro seja feito independentemente do valor da operação. Organize uma tabela, crie pastas, enfim, organize-se de modo que todo dinheiro que passe pela instituição esteja anotado, seja entrando ou saindo do caixa da empresa. Desse modo, é possível saber para onde vão todos os gastos, de onde vem os maiores lucros, além de identificar operações que tendem a serem bem-sucedidas ou que estejam significando desperdício.

2. Verifique o fluxo de caixa diariamente

Para melhorar o fluxo de caixa, o empresário deve estar sempre atento às operações que estão ocorrendo. Qualquer período de descuido pode significar a confusão de informações e levar à  perda do controle das finanças da instituição, podendo resultar em consequências drásticas.

O acompanhamento diário desse fluxo evita que o gestor se atrapalhe com as movimentações, garantindo que esteja sempre atento a todo o dinheiro que entrou ou saiu. Agindo assim você consegue prever qualquer surpresa e executar o planejamento a curto, médio e longo prazo. Logo, o sucesso do empreendimento será potencializado.

3. Verifique os preços

Você já verificou se os preços praticados pela sua empresa estão de acordo com aqueles que são aplicados pelo mercado? É fundamental que o gestor procure estar sempre atualizado para evitar que seus custos de operação ultrapassem seus lucros , para não prejudicar seu empreendimento. Caso os valores cobrados pelos serviços prestados pela sua empresa estejam abaixo dos de mercado, efetue o reajuste de seus preços. Esse tipo de ação é muito inteligente e efetiva, se praticada de maneira bem pensada.

Portanto, pesquise os custos que a sua concorrência cobra para os produtos ou serviços dela. Se os seus estiverem abaixo, não hesite em aplicar um reajuste. Entretanto, se estiverem menores que os seus pense sobre a sua situação de mercado e atue de maneira estratégica. Dessa maneira, você garante o desenvolvimento do seu fluxo de caixa e garante que seus lucros suplantem suas perdas.

4. Terceirize alguns serviços

A terceirização de de alguns serviços é uma medida muito inteligente para o gestor que deseja melhorar o fluxo de caixa de sua empresa. Com ela, o empresário paga por um serviço que é prestado em seu favor e aquele capital que ficaria “parado” em forma de algum bem físico necessário para a realização de algum serviço, como um veículo, poderá ser realocado em recursos para otimizar as operações financeiras do empreendimento.

Esse tipo de ação é bastante eficaz. Além disso, demonstra uma visão de empreendimento apurada por parte do gestor, pois permite que, por meio da terceirização, o fluxo de caixa seja potencializado em detrimento de valores gastos em bens e serviços sem retorno financeiro. Ainda, permite ao contratante focar em sua atividade final e deixa aspectos procedimentais por conta da contratada.

5. Gerencie bem o seu estoque

É muito importante que o proprietário da empresa defina o tamanho adequado para o seu estoque, de maneira que não venham a ocorrer faltas e nem desperdício de produtos. Se você tem muitos itens ou insumos guardados, exige-se um capital imóvel  e geração de custos para manutenção. Por outro lado, se há demanda e sua empresa não tem o produto em estoque, você está perdendo dinheiro.

Analise cuidadosamente o histórico do seu fluxo de caixa e verifique que tipos de vendas se realizam mais e qual é a frequência delas. Essa é a maneira mais eficiente de saber em quais insumos investir e de que modo você pode controlar seu estoque. Realizado esse procedimento, haverá a potencialização de seus lucros, uma vez que desperdícios passarão a ser evitados e um investimento maior será dado nas operações que apresentaram maior chance de sucesso em meses anteriores.

6. Negocie com seus fornecedores

Certamente existem operações e contratos a que sua empresa está submetida que podem ser reavaliados. Alguns serviços tidos como básicos, como telefonia, internet, dentre outros, podem estar cobrando tarifas excessivas, que podem ser renegociadas. O gestor deve considerar mudanças de planos e readequação do valor ou até mesmo a rescisão do contrato. É preciso que o empresário se certifique de estar pagando o valor real de mercado e que o serviço oferecido esteja sendo útil para sua instituição. Caso contrário, deve procurar o fornecedor e buscar a solução mais adequada.

Portanto, percebemos que melhorar o fluxo de caixa é possível e depende de estratégias e técnicas eficientes e bem planejadas pelo gestor. Ele pode, por exemplo, organizar e anotar, diariamente, todas as transações financeiras da empresa, considerar a terceirização e negociar com seus fornecedores. Assim se garante que os lucros superem os custos, e as finanças estejam bem organizadas, de modo que sua empresa esteja preparada para quaisquer imprevistos.

Gostou de conhecer as medidas que podem ser tomadas para melhorar o fluxo de caixa e como a terceirização pode ser importante nesse processo? Então, se deseja implantá-la na sua empresa e garantir os benefícios dessa ferramenta, preencha o formulário abaixo. Podemos ajudar você e o seu empreendimento!

 

Posts relacionados

Deixe uma resposta