Por que fazer o dimensionamento de frotas? Entenda aqui!

6 minutos para ler

Adequar o número de veículos existentes na empresa a sua real demanda é um desafio de gestão. Por isso, o dimensionamento de frotas é uma prática cada dia mais constante na estratégia de crescimento das organizações.

É o dimensionamento de frotas que faz esse alinhamento entre a disponibilidade de veículos e a sua necessidade, evitando desperdícios e aproveitando ao máximo os recursos existentes. Isso reflete diretamente no aumento do faturamento organizacional.

Para otimizar as operações de transporte de uma empresa, não basta saber apenas o número de veículos da frota e a quilometragem percorrida. São muitas as variáveis no dimensionamento a serem avaliadas, para assim, ser possível ordenar os recursos disponíveis e diminuir os custos operacionais.

Achou interessante? Continue acompanhando o artigo e saiba como melhorar a qualidade dos serviços do seu negócio.

O que é o dimensionamento de frotas?

O dimensionamento de frotas objetiva organizar as atividades de transporte, que muitas vezes têm seus prazos atrasados ou onera excessivamente o preço final do produto. É um procedimento essencial para empresas e para que seja executado precisa seguir primordialmente os seguintes aspectos:

  • características da frota (se é homogênea ou não);

  • percurso a ser transcorrido;

  • peso e volume da carga;

  • condições estruturais da estrada;

  • fluxo do caminho;

  • ociosidade dos veículos;

  • gestão de pessoal envolvido no setor.

Esses pontos são referências utilizadas para estruturar o transporte das grandes empresas, mas deve ser utilizado também para organizações que têm frotas de médio e pequeno porte. O gestor, antes de colocar a sua frota na rua, além de conhecer seu veículo, deve também conhecer o tipo de carga a ser movimentada, peso, volume e condições de validade.

Como fazer um dimensionamento de frotas?

Em um estudo denominado “Administração e Transporte de Cargas”, realizado pela Mercedes-Benz e usado como referência pelo SENAT na cartilha “arrumação do transporte de carga” foi feito uma simulação do dimensionamento de frotas de uma empresa.

Para isso, eles usaram os seguintes dados.

Do veículo:

  • velocidade média;

  • peso do chassi;

  • peso bruto;

  • peso do reboque;

  • peso de outros equipamentos.

Da carga:

  • tipo;

  • peso com embalagem;

  • carga total a ser transportada.

Da operação:

  • tempo de carga e descarga;

  • distância de ida e volta;

  • tempo gasto no caminho;

  • dias úteis de trabalho;

  • dias de manutenção dos veículos.

Com todos esses dados esclarecidos, é possível projetar o volume de veículos indispensáveis no atendimento da demanda da organização e a escolha correta dos automóveis a serem adquiridos.

Para detectar a quantia necessária a uma determinada empresa é preciso fazer um cálculo simples: dividir o valor da demanda mensal de carga pelo volume de carga transportada mensalmente.

Outros cálculos também serão úteis:

  • valor do peso total do veículo (tara): soma dos pesos do chassi, da carroceria, do reboque e de outros equipamentos;

  • valor da carga útil do veículo: diferença entre o peso bruto total do veículo e a tara;

  • valor do número de viagens necessárias: divisão da carga que será transportada pela capacidade do veículo.

Por que devo fazer o dimensionamento?

Vários são os benefícios que o dimensionamento de frotas proporciona à empresa. Citamos a seguir os principais.

Redução de custos

Um dos insumos mais caros e indispensáveis na empresa é a gasolina, que tem alto valor e bruscos aumentos. Soma-se aos gastos com combustível, os valores com manutenções, seguros, consertos e contratação de profissionais para atuar no setor.

Por isso, empresas que investem em carros e motos para uso da organização sem ter um dimensionamento de frotas, acabam gerando uma crise nos seus rendimentos e causando uma deficiência no capital da instituição.

Otimização do trabalho

Em qualquer setor da empresa, o gerenciamento reflete em potencialização de seus recursos, sejam humanos, sejam de equipamentos. É muito comum nos depararmos com veículos e pessoal ociosos por falta de planejamento adequado. O dimensionamento de frotas coloca um fim nesse problema.

Mais segurança para a frota

O transporte de cargas é um dos serviços de maior risco na empresa. Certos acontecimentos são imprevisíveis, como acidentes e congestionamentos. Por isso, é necessário estudar as melhores rotas, ter sempre um segundo plano, saber da capacidade de cada automóvel e das necessidades da carga.

Agilidade nos processos

Quando os prazos para recebimento do produto ou para realização do serviço são menores do que os dos concorrentes, há uma valorização da marca e da imagem da empresa. Atualmente, os consumidores não buscam apenas por preço e qualidade, querem rapidez e por isso optam por pagar um pouco mais na compra a ficar esperando por mais tempo.

Auxílio no planejamento da empresa

A dinâmica do mercado não permite que empresas fiquem paradas para resolver problemas. Se isso acontece, a marca pode perder vendas e clientes para concorrentes. Para que haja uma tomada rápida de decisões é preciso ter estratégias bem definidas em todos os setores organizacionais, principalmente naquele que fecha o ciclo de vendas: o transporte.

Exatidão da quantidade de viagens

O dimensionamento torna possível prever o número de viagens do dia, os horários para que possam ser feitas e aproveitadas da melhor forma. Dessa forma, garante que o tempo e dinheiro gastos no transporte sejam suavizados.

Terceirização de frotas

Apesar do dimensionamento de frotas proporcionar às empresas uma melhor organização dos seus transportes, muitas ainda preferem não correr riscos, devido ao alto investimento. Por isso, a terceirização de frotas mostra-se como uma solução para a diminuição do trabalho, garantindo maior proteção e flexibilidade diante da necessidade da empresa.

Ficar com veículos parados na garagem, gera um grande custo. Isso ocorre por dois principais motivos:

  • necessidade de manutenção;

  • imobilização de capital que poderia ser usado no fluxo de caixa.

Na terceirização da frota não existem esses problemas. A empresa que contrata o serviço de aluguel de frota pode ter disponível imediatamente o automóvel mais adequado a sua necessidade atual, se adaptando conforme as mudanças do mercado e a procura.

Com a terceirização de frotas, o gestor direciona o seu trabalho na atividade-fim da empresa. Contudo, independentemente do conjunto de veículos serem próprios ou alugados, ainda assim o dimensionamento de frotas é ponto crucial para o desenvolvimento empresarial.

Portanto, antes de investir em automóveis, faça o dimensionamento de frotas. Só assim você poderá verificar as reais necessidades da empresa e escolher entre comprar ou alugar os veículos.

Está pensando em terceirizar sua frota? ​

Temos uma dica! ​A Lokamig Empresas está no mercado há mais de 37 anos, possui consultores dedicados e atendimento personalizado.

Quer uma proposta personalizada? Preencha o formulário abaixo e tenha acesso às tarifas mais flexíveis do mercado! 

 

Posts relacionados

Deixe uma resposta